Blog Boviplan

A produção de alimento volumoso é uma das importantes questões da produção de ruminantes. O maior desafio nesta produção, além da produtividade e colheita eficiente do volumoso, é garantir a qualidade nutricional do alimento.

Uma forma simples de se monitorar a qualidade do volumoso na fazenda, seja antes da colheita ou após a abertura do silo, é analisar o teor de matéria seca. Matéria Seca (MS) é a porcentagem do peso original do alimento sem água, ou seja, todas as porções de energia, proteínas, fibras, minerais e vitaminas contidos no alimento estarão contidos na MS do alimento, por isso é de extrema importância saber a sua porcentagem no alimento a ser ofertado aos animais, a fim de ajustar a quantidade necessária para se obter o desempenho animal desejado.

Para realizar a análise de MS na propriedade os seguintes materiais serão necessários:

  • Micro-ondas;
  • Copo para água;
  • Recipiente para colocação da amostra;
  • Balança de precisão de no mínimo 0,05g.

No caso de análise de material já ensilado, a coleta das amostras deve seguir alguns passos:

1. A coleta não deve ser feita nas extremidades, ou seja, nas laterais ou na superfície do silo, evitando assim que alimento degradado pela baixa compactação ou entrada de oxigênio possa interferir na qualidade da amostra.

2. Coletar porções do silo que estejam sem o contato com o ar, ou seja, perfure a face do silo para retirar amostras de material estabilizado e compactado dentro do silo.

3. A amostra deve ser composta por porções da massa ensilada de no mínimo 10 pontos diferentes da face aberta do silo, assim a amostra terá maior probabilidade de representar a silagem como todo.

4. Após a coleta, misture todo o material em uma superfície limpa e ampla, de forma a facilitar o manuseio do produto para que fique homogêneo. O material coletado deve ter mínimo de 1 kg.

5. Após a mistura, realizar o quarteamento, isto é, dividir todo o material em quatro partes iguais e descartando dois quartos opostos. Os quartos restantes são novamente homogeneizados e então repetir o processo, para diminuir assim o tamanho da amostra.

É importante que a amostra seja devidamente identificada e acondicionada em embalagem limpa, evitando contaminação e dúvidas sobre os resultados obtidos.

O procedimento é simples e leva alguns minutos para ser realizado:

1. Pesar o recipiente, onde o conteúdo será levado para dentro do micro-ondas, para desconsiderar o seu peso na balança, ou seja, ”tarar” a balança.

2. Colocar uma parte da amostra no recipiente, no mínimo 100 gramas.

3. Colocar o copo com água ao lado do recipiente com a amostra, dentro do micro-ondas.

4. Ligar o micro-ondas na potência máxima por 3 minutos.

5. Retirar o recipiente com a amostra, pesar e anotar o valor.

6. Repetir o procedimento do item 5 até que o peso da amostra estabilize, por duas ou mais vezes.

O cálculo para estimar a porcentagem de matéria seca na amostra é dado pela seguinte fórmula:

% Água da amostra = (Peso Inicial da Amostra – Peso Final da Amostra) / Peso Inicial da Amostra

% MS = 100 – % Água da amostra

Texto produzido por Victória Girnos (Boviplan Consultoria Agropecuária.)